11 de março de 2011

Vermelho

... é a minha cor ... preciso dela para me expressar ... preciso dela para o meu equilíbrio visual.
A natureza criou um dos vermelhos mais fascinantes que me inebria os sentidos desde a infância. E por falar em infância... todos [ou quase todos] os meus sapatos tinham que ser vermelhos :-D
E no seguimento de todas estas sensações ... fascina-me também o Capuchinho Vermelho. Criei este há tempos atrás e agora apresento uma série de fotos inspiradas no mesmo conto.









Radiohead — A Wolf at the door

2 comentários:

Cláudia disse...

tanto trabalho!!!! gosto da boneca, dos planos e da profundidade, cada vez mais evidente nos últimas imagens. Não falta o terror do capuchinho!!!!nos olhos Vermelhos!
não está a faltar a energia para trabalhar!!! Que bom
bjs

mimiko disse...

Giras... ultimamente o capuchinho também habita por aqui mas na versão tradicional!
Esse capuchinho tem ar de lobo :) especialmente na 2ª foto (essas bonecas sempre me assustaram). Beijinhos